A tradicional marca italiana TM de motos de todo terreno, apresentou hoje, oficialmente, na fazenda ASW Off Road Park, em Mogi das Cruzes,  São Paulo,  sua linha de produtos que já estão sendo vendidos no Brasil. A equipe da TMoto foi até lá para conferir. Um primeiro lote da marca, que chegou em agosto, com 16 motos, foi totalmente vendido em apenas 5 dias. Um sucesso! Para o mês de outubro,  a estimativa da fábrica da Itália é trazer 32 motos. De olho no mercado fora de estrada do Brasil, a TM está importando motocicletas de motocross e enduro, de 2 e 4 tempos, de 250 cc e 450 cc.

A TM EN 250, 4 tempos, será o carro chefe da marca e chega com valor entre R$32 e R$33500 reais, o preço ainda não esta definido por que o isenção do IPI acaba este mês.

A fábrica das TM nasceu em 1977, resultado da paixão pelo motociclismo de dois grandes amigos: Claudio Flenghi “Mr. Engine” e Francesco Battistelli “Mr. Frame”. É das iniciais do nome dos filhos destes dois, Thomas e Mirko, que vem as iniciais que formam o nome da marca, TM.

Criadas em Pesaro, na Itália, as motocicletas são, praticamente, produzidas à mão. Jóias do fora de estrada, com excelente qualidade e altíssima performance. Reconhecidas nas competições fora do Brasil e com forte participação em mundiais de Enduro, Supermotard e Motocross, a TM patrocinou, para quem não lembra, o piloto Luís Felipe Braga Bastos, campeão brasileiro de Enduro FIM e Cross-Country e um dos pilotos do time brasileiro no ISDE. 

 

O “atelier de motocicletas” da TM usa as melhores matérias primas do mundo para construir suas obras primas. Cada “artista” que compõe o quadro de mecânicos e montadores é fanático e obsessivo  por performance, o que torna o sonho das motocicletas de série que nascem com DNA de competição, realidade.

Quem corre de TM é um piloto que conhece motocicletas, extremamente exigente e que tem um enorme prazer em tirar tudo o que sua nova moto pode dar. Afinal, controlar uma TM pede experiência, respeito e preparo.

Com freios Brembo, quadro perimetral em alumínio, suspensões Mazzorchi, na dianteira, e Sachs ou Ohlins(opcional), na traseira. Um fato curioso, que mostra que as motos foram criadas para desempenho: o modelo EN 450F, de enduro, tem injeção eletrônica, enquanto o mesmo modelo, voltado para o cross, é carburada.